Ética Aristotélica: Virtudes e Vícios em Aristóteles

Vídeo sobre a ética aristotélica, ou, mais precisamente, sobre as virtudes e vícios em Aristóteles.

 

Virtudes e vícios dizem respeito às nossas disposições, e são formados em nós pelo hábito. Bons hábitos formam virtudes, e maus hábitos formam vícios. O homem virtuoso é aquele que tem em si a inclinação para agir de acordo com a virtude.

Uma ideia importante relativa à ética aristotélica é a virtude como meio-termo, o “meio-termo” de ouro de Aristóteles. A virtude é um meio-termo entre dois vícios. Mas, cuidado, este meio-termo é qualitativo, e não quantitativo.

 

Confira mais sobre o cristianismo no meu outro canal, Teodidatas.

Você também pode conferir um pouco mais sobre Tomás de Aquino e a filosofia de Aristóteles aqui:

As Cinco Vias de Tomás de Aquino e a Apologética Contemporânea (Teodidatas)

 

Assista também:

Jusnaturalismo: Quatro Teorias de Direito Natural

O relativismo moral e a importância do estudo da ética 

Um pouco de ética aristotélica 

Subverteram Aristóteles… Análise do fundamento filosófico das ações afirmativas 

A Degeneração da Democracia Grega e o Jusnaturalismo de Aristóteles 

 

Confira o “Direito Sem Juridiquês” no facebook! 

Confira também a página “Libertarianismo e Direito” no facebook!

Siga também o Professor Xavier no Instagram e no Twitter.